Lua de Mel – Zanzibar – Dive

Acordamos as 7 e partimos 8h15 para mergulhar aos arredores de Mnemba, uma ilha particular que possui um hotel com apenas alguns quartos exclusivos ($$$$$).

Saímos do hotel e fomos caminhando para o Dive shop, onde pegamos um barco no estilo bote inflável e partimos em direção a Mnemba. Depois de uns 20min de barco, encontramos alguns golfinhos no caminho, que surfaram as ondas feitas pela barco, ficamos andando em círculos por alguns segundos e vendo-os surfar.

Fizemos o primeiro mergulho de rotina, o famoso check dive e com a água a 26 graus, vimos garden eels, reef fishes e blue spotted ray (arraia de bolinhas azuis). Ficamos submersos por cerca de 50min e profundidade média de 15m, max de 18m. Havia uma corrente forte, mas estávamos a favor, então pratiamente nem precisamos nadar, só ficar parado e esperar a corrente te levar.

No segundo mergulho, condições muito semelhantes, mas desta vez pudemos ver um white tip shark há uns 4m de distância assim como outras duas blue spotted rays.

Uma das dive guides era Argentina e estava trabalhando em Zanzibar pela segunda vez. Filha de donos de dive shops, tem centros de mergulho em Puglio e Sardenha, na Itália, pegamos o contato dela =).

De tarde ficamos na piscina e de noite massagem no Spa com direito ao barulho do mar e pôr do sol na beira da praia.

01-IMG_1869
Nungwi Beach. Masai vindo em nossa direção!
02-IMG_1874
Em frente ao Dive Shop: East Africa Divers
03-IMG_1881
Golfinhos no caminho de Mnemba
04-IMG_1906
Mnemba Area / Dive Sight
05-IMG_1911
Ainda em frente do Dive Shop.
07-IMG_1924
Silhueta de um Masai, tirada da praia do nosso Hotel.
09-IMG_1934
Mesa de jantar que nos aguarda amanhã!
10-IMG_1941
Meu amor no Spa ao por do sol.
06-IMG_1923
O Dive Shop.

08-IMG_1927

1-IMG_1945
#hardlife
11-IMG_1955
Da varanda do quarto.
12-IMG_1961
Da varanda do quarto, mas virado pra entrada do hotel.

Em breve, mais fotos!

Abs

Lua de Mel – Tanzânia – Stone Town

Ontem meu amor e eu fizemos um passeio por Stone Town, o centro de Zanzibar. A cidade recebe esse nome porque as edificações eram feitas de pedra, tiradas do fundo do mar, assim como o bairro Coral Gables em Miami – FL.

A cidade é bem pequena mas muito estilosa, cheia de corredores estreitos onde os pedestres dividem a rua com vespinhas. No caminho muitas lojas turísticas, mas também onde os locais fazem compras, como o mercado de peixes, carnes e especiarias.

Seguem algumas fotos:

01-IMG_1657

02-IMG_1663 03-IMG_1677 04-IMG_1681 05-IMG_1695 06-IMG_1704 07-IMG_1705 08-IMG_1711 09-IMG_1718 10-IMG_1719 11-IMG_1720 12-IMG_1726 13-IMG_1729 14-IMG_1733 15-IMG_1735 16-IMG_1740 17-IMG_1746 18-IMG_1758 19-IMG_1769 20-IMG_1770 21-IMG_1774 22-IMG_1779 23-IMG_1780 24-IMG_1785 25-IMG_1786 26-IMG_1791 27-IMG_1794 28-IMG_1798 29-IMG_1801 30-IMG_1802 31-IMG_1808 32-IMG_1809 33-IMG_1819 34-IMG_1827 35-IMG_1830

36-IMG_1842
Durante as 1h de carro do hotel até Stone Town, esse é o padrão de construção que se vê, tanto para as casas dos Zanzibarianos quanto para o comércio local. Apenas Stone Town tem todo o charme das fotos acima.

 

 

Abs e até breve!

Lua de Mel – O embarque

Wow, que noite foi a do dia 12.10.2013!

Vim acompanhar as estatísticas do blog e vi que ele deu uma bombada nos acessos ontem, então resolvi postar aqui principalmente para agradecer!

Obrigado a todos que puderam comparecer e me ajudaram a ter a melhor noite da minha vida!

Por enquanto, segue minha felicidade em estar embarcado em lua de mel com o amor da minha vida! O upgrade não saiu, o vôo tava lotado, mas primeira fileira da econômica tava patrão!

20131014-063631.jpg

20131014-063649.jpg

Fui!!! Beijos!

22 dias para o casamento: Gentileza gera gentileza

Muito cilchê que gentileza gera gentileza? Pode até ser,  mas prefiro olhar pelo ponto de vista de isso ser um princípio que acredito.

Vou contar uma historinha do que acabou de acontecer comigo sobre a gentileza.

Na semana passada eu entrei em contato com a embaixada da Tanzânia para pedir os documentos necessários para o visto e recebi um email com as informações. Fui na segunda-feira desta semana na embaixada levar os documentos e fui informado que estava  faltando uma cópia da reserva do hotel. Voltei pra casa sem dar entrada no visto.

Para aqueles que ainda não sabiam, abortei a lua de mel no Iêmen, as guerras civis e conflitos que estão acontecendo lá me fizeram tomar essa atitude. Embaixadas fecharam, evacuaram várias pessoas do país e até a dona da agência que eu sempre compro as passagens não quis me vender preocupado comigo e com a Pá, valeu Vergínia pela preocupação =).

A embaixada da Tanzânia fica num setor residencial aqui em Brasília, no Lago Sul. Voltei lá hoje, e vi uma pessoa, já fora da embaixada, andando em direção à um caminho entre duas casas que daria na pista principal. Reparei que essa pessoa era a moça que havia me atendido e dado a informação da reserva do hotel. Consegui lembrar o nome dela e chamei: “Ana!”. Ela se virou e eu perguntei se a embaixada já estava fechada, ela disse que sim, que na sexta-feira fechava mais cedo, às 14h30, eram 14h32.

Perguntei se mesmo já tendo acabado o expediente, se ela poderia me ajudar a levar os documentos pra dar entrada hoje mesmo para que eu não tivesse que voltar outro dia. Muito simpática, ela aceitou e encaminhou minha documentação, que agora estava completa.

Como eu havia percebido que ela estava indo em direção a pista, imaginei que ela morasse ali perto ou que estivesse indo pegar um ônibus, ofereci carona e ela aceitou, disse que estava indo pro Conjunto Nacional, que fica aqui do lado da Ink, onde eu tinha que voltar pra trabalhar.

Moral da história: lembrar o nome de uma pessoa que você só viu uma vez na vida pode te economizar uma ida e volta até um lugar, uns 40min do seu tempo, numa semana agitada, agilizar a entrada de um visto para um momento tão importante da sua vida como a lua de mel, e de quebra, a pessoa que foi lembrada ainda ganha uma carona =).

Ps.: a Ana falou enquanto eu dava carona pra ela que se eu não tivesse lembrado o nome dela e chamdo algo como Ei, Psiuuu, ela nem olharia e passaria reto, não teria me atendido.

Fico feliz de pensar que este lugar me aguarda:

Zanzibar
Zanzibar

 

 

33 dias para o grande dia

Ahhh o grande dia! Está chegando!!!

Meu amor me liga do shopping ontem dizendo que havia encontrado meu terno. Dei um break das gravações do curso de canvas para o FazINOVA e fui correndo experimentar. Vesti o terno rapidinho, a Pa amou! Como ela sabe que não sou muito fã de terno e pra mim o que importa é a opinião dela,  se ela gostou, eu gostei e agora já tenho roupa pra ir no meu casamento. É claro que eu não pude dar opinião na roupa dela, só no grande dia, que eu tenho certeza que ela vai estar maravilhosa e não sei nem qual vai ser minha reação!

Por falar em break, esse final de semana foi uma doideira! No último post foram as gravações do Save the Date, neste, as do curso de canvas para o FazINOVA. Foram 16h de gravações no sábado e 20h no domingo (tá bom,  menos as horas de break pra comer e pra comprar o terno). Terminamos, ufa! Foi muito divertido e com direito a chorar de rir às 5h da manhã de domingo com os erros de gravação, né Bel?

Pra variar, meu amor foi demais comigo neste final de semana, me ajudando nas gravações, agilizando as coisas do casamento, escolhendo minha roupa e tendo toda paciência comigo, o que só reforça meu amor por ela. Meu amor, você é demais! Te amo Palloma Meneghello!

No último post, postei as fotos da gravação do Save the Date, e agora segue o vídeo, que ficou incrível. A galera da Salinha Filmes mais uma vez mandou muito!

[vimeo https://vimeo.com/73000194]

Uma boa semana a todos e até a próxima!

Oh Happy Day

Não poderia deixar de escrever hoje! Estão me sentindo tão feliz que gostaria de deixar registrado este momento para que um dia eu possa reler este post e sentir um pouco do que estou sentindo agora (aprendi com a Bel Pesce).

Por falar em escrever, estou há quase um mês longe do Zarpei, sorry about that! O último post foi sobre 9 anos ao lado do meu amor, e o de hoje é sobre 9 anos e 1 mês hehe! Louis, você que comentou sobre eu não estar mais postando, esse é pra você também, valeu!!!

Há alguns meses eu e meu amor fomos na Salinha Filmes fechar foto e vídeo do nosso casamento e optamos pelo pacote Clip e Save the Date, que aconteceu hoje. O Le Roy da Salinha, sabendo da minha paixão por escalada sugeriu gravarmos em Cocal, putz, não poderia ter acertado mais, Le Roy, você é o cara!!! Rodrigão, da Salinha também, nos acompanhou e arrepiou nos takes e snapshots, teve GoPro, slider e tudo mais, galera profissa!

Acordei 8h41, feliz da vida, tomei meu café, esperei meu amor, o Le Roy e o Rodrigo chegarem aqui em casa. Putz, como eu estava, e ainda estou, feliz, acho que foi o dia mais feliz do ano! Acho não, foi! Escalamos, descansamos na rede, tomamos banho de cachu, admiramos o por do sol e pra finalizar o dia, pamonha doce em Cocal! E é claro, que em todos esses momentos, eu estava ao lado do meu amor, abraçando-a e beijando-a, o tempo todo, pra nosso vídeo captar todo o nosso amor hehe!

Cachu Meia Lua Piri
Cachu Meia Lua Piri
Escalada Boulder Cocal V2 Muy Expuesto
Escalada Boulder Cocal V2 Muy Expuesto
Pamonha Doce de Cocal
Pamonha Doce de Cocal

É isso, estou feliz pra caralho e queria agradecer minha família, principalmente por ter me aguentado a vida inteira, e meus sócios. Poha, tem equipe mais foda que a da InkMustache? Me liberaram em plena terça-feira pra eu tomar banho de cachu em Piri! O que mais eu poderia querer? Mais moleza que isso, só sentando num pudim! Falando sério, cheguei em casa e fui ler os emails do dia, parece que eu fiquei uma semana fora, galera se agilizou demais, resolveu várias paradas, fiquei impressionado! Agradecimento especial para as duas mulheres mais incríveis do Sistema Solar: meu amor e minha mãe! Amo vocês!!!

Pior que tem mais, respondi os emails do dia, criei um post aqui e agora vou assistir o último capítulo de Dexter!

That’s all folks! C u later alligator!

9 anos juntos

I’m back! Depois de alguns dias sem postar, voltei! Não quero dar desculpa nenhuma por ter ficado tanto tempo longe, mas, esses últimos dias, realmente, foram bem corridos.

Hoje é dia 18 de julho, mas vou falar do dia 13. Por quê? Porque é uma das minhas datas favoritas, aniversário de namoro e comemorei 9 anos juntos ao lado do meu amor! By the way, ontem for aniversário do Tarsola, tudo de bom cousin: muita saúde e felicidades!

Neste ano, passamos em Brasília, em casa mesmo, mas foi demais! Por falar em onde passamos este último aniversário, deu vontade de fazer uma retrospectiva de onde foi que passamos todos até hoje:

2004: Arraial d’Ajuda, BA

Onde tudo começou. Nós ainda estávamos apenas ficando, nada sério. Ela foi passar férias na Bahia e eu fiquei. No dia seguinte que ela foi, mandei um SMS avisando que eu estava indo, falei o horário da minha chegada na Rodoviária. Ela nem respondeu. Quando saí do ônibus, lá estava ela me esperando, foi demais!!! Cheguei lá no começo de julho e no dia 13 de julho de 2013, comprei nossas primeiras alianças, R$ 1,00, de coco, e começamos a namorar. Quem diria hein meu amor?

2005: Brasília, DF

1 ano de namoro e ainda com alianças de coco. Encontrei uma foto do carnaval desse ano e eu na verdade estou usando duas alianças de coco, uma em cada mão. Lembra disso meu amor?

2006: Norwich, CT, EUA

Neste ano estávamos morando e trabalhando nos states. Éramos crupiês de Black Jack e Poker no Mohegan Sun Casino. Vivemos uma experiência de praticamente casados, né meu amor? Tínhamos planejado comemorar nosso aniversário pulando de pára-quedas em Danielson, CT, uma cidade há mais ou menos 1 hora de Norwich. Assim que acordamos, ligamos para os paraquedistas e nos avisaram que a previsão não estava muito boa e então adiamos para o dia 26. Acabamos passando o dia em Norwich mesmo. Alguns dias depois fomos pra Nova Iorque e demos um upgrade nas nossas alianças, de coco para prata!

2007: Eu em Salgado, SE, ela em Brasília, DF

Eu havia ido pra Salgado, Sergipe, participar do Projeto Rondon e meu amor ficou em Brasília. Primeiro aniversário separados! Que saudades da minha coisa linda!

2008: Eu em Caracas, Venezuela, ela em Brasília, DF

Fui pra Venezuela com o Slim e meu amor acabou ficando, estava trabalhando na Osklen. 4 anos juntos!

Clique aqui para ver o post da Venezuela. e também da Extreme Venezuela

2009: Em Brasília, DF indo para Santa Cruz, Bolívia

Dia que embarcamos pra uma trip na América do Sul: Bolívia, Peru e Chile. Nessa viagem passei pelas paisagens mais incríveis da minha vida, e meu amor conseguia deixá-las ainda mais lindas!!!

Salar de Uyuni - Bolivia
Salar de Uyuni – Bolivia

Clique aqui para ver o post da Bolívia.

2010: Brasília, DF

6 anos, em Brasília! Acho que não fizemos nada especial né meu amor? Eu estava muito focado na minha monografia, estava para entregar!

2011: Playa Blanca, Colômbia

Que perrengue hein meu amor? Chegamos no aeroporto de Cartagena para ir pra Playa Blanca, mas por causa do horário, já não haviam mais barcos. Resolvemos então ir por um caminho alternativo, uma mistura de táxi, ônibus, balsa e moto. No ônibus local, fomos abordados por passageiros locais que sentaram perto da gente pra nos avisar pra ficarmos ligados, pois estávamos num lugar perigoso. Tomamos muito cuidado, na medida do possível! Depois do ônibus, pegamos uma balsa e depois mais de uma hora de estrada de terra em cima de uma moto, carregando nossas malas nas pernas. Chequei todo moído porque tive que sentar na garupa de ferro pra caber a mala entre eu e o motoqueiro.

Até que enfim chegamos em Playa Blanca, uma ilha que não tem nem eletricidade e nem água encanada. Decidimos alugar uma barraca na praia, mas a barraca tinha tanto buraco, que entrava areia e de noite provavelmente insetos e outros bichos.

Como no dia seguinte era nosso aniversário de namoro, eu dei um desconto pro meu amor e fomos pra a melhor hospedagem da ilha, uma cabana de madeira, sem porta, com banheiro, mas sem água e luz. Que delícia! O pior é que eu estava me sentindo no paraíso mesmo! O lugar era tão primitivo, a vista era tão bonita, e a praia tão deserta, que o conceito de ilha paradisíaca se formava ali! Comemoramos nosso namoro com um belíssimo jantar a luz de vela num galão de água, peixe frito e arroz de coco!

Foi um dos melhores perrengues da minha vida e passei feliz, ao lado da mulher que eu amo!

Playa Blanca - Colômbia
Playa Blanca – Colômbia

Clique aqui para ver o post de Playa Blanca

2012: Saba, municipalidade Holandesa no Caribe

Para dar continuidade nas aventuras em épocas de aniversário, fomos para Saba, uma ilhota no meio do Caribe, que se destaca pelos mergulhos e por ter o menor aeroporto comercial do mundo. Foi debaixo d’água que celebramos nossos 8 anos!

Saba - Municipalidade Holandesa
Saba – Municipalidade Holandesa

Clique aqui para ver o Post de Saba

2013: Brasília

Sabadão, eu e meu amor decidimos passar o dia em casa, aproveitando para ver TV quase que o dia todo. Foi ótimo para descansar, afinal, a Pá acabara de se formar em arquitetura e urbanirsmo e estava trabalhando até de madrugada nesses últimos dias. Foi também uma boa oportunidade para economizar $ pro casamento e pra muito mais aventuras que virão por aí! Feliz 9 anos coisa linda! Que venham mais 90! Eu te amo!

Os Quatro Compromissos

Eu: “Meu amor, vou escrever um novo post no blog! Caramba meu amor, o post do casamento teve 90 likes até agora…”

Meu amor: “Tava na hora né?”

Esse foi o diálogo que acabei de ter com meu amor. Essa simples frase dela: “Tava na hora né?” pode ter várias interpretações, mas eu não questionei o que ela queria dizer, só sorri e respondi que vou escrever. As coisas são aquilo que você quer que elas sejam, e neste momento, quero que essa frase dela signifique: “tava na hora né meu amor? escreve mais, eu gosto tanto quando você escreve, estou sentindo falta!” Me surpreendo a cada dia com o blog, nunca poderia imaginar que ouviria isso do meu amor!

Mas, o post de hoje não era para falar disso, e sim do “Os Quatro Compromissos“. Viram como eu comecei uma frase com preposição adversativa? Me ensinaram que é errado. Ensinaram-me também que começar frase com pronome oblíquo também errado, mas aqui no blog, não tem certo e errado. Usar dois também na mesma frase é errado?

Beleza, agora vou parar de desviar do assunto. Ou não né? Só porque eu já escrevi o título do post eu tenho que ir até o fim falando disso? Viva mais uma vez a liberdade de ter um blog! Por falar em desviar de assunto, olha esse .gif que achei que sacaneia como seria se o noivo é que jogasse o buquê:

Se o noivo que jogasse o buquê!
Se o noivo que jogasse o buquê! Fonte: http://comoeumesintoquanto.tumblr.com

Ok, agora vamos falar do que se trata Os Quatro Compromissos. É um livro que me foi indicado por um empresário e investidor anjo iraniano no Vale do Silício, em dezembro do ano passado. (Mehrdad, valeu pela indicação, o livro é fantástico). Não me lembro bem sobre o que conversávamos no momento, mas ele me perguntou se eu já havia lido esse livro. Falei que não. Ele trouxe o livro no assunto porque na situação eu havia falado alguma coisa baseada em uma pressuposição. E um dos quatro compromissos do livro é exatamente: “Nunca faça pressuposições.”.

O acordo “Nunca faça pressuposições” é o terceiro dos quatro e o capítulo do livro que trata dele, inicia-se explicando o problema de ser fazer pressuposições: “o problema é que a gente acredita que a pressuposição é uma verdade. Quando fazemos pressuposições, geramos desentendimentos, levamos as coisas pro lado pessoal e criamos um drama à toa.”

Ainda sobre o terceiro acordo, o autor, Don Miguel Ruiz, diz que é muito interessante como a mente humana funciona. “A gente precisa justificar tudo, explicar e entender tudo, para sentirmos seguros. Não importa se a resposta é certa, o fato de termos uma resposta nos deixa seguro e é por isso que fazemos pressuposições. Fazemos todo tipo de pressuposições porque não temos a coragem de fazer perguntas.”

Calma, não vou reescrever o capítulo todo aqui, só mais um pouquinho, acho que vale muito a pena!

As pressuposições são feitas tão rápidas e inconscientemente na maioria da vezes porque a gente fez acordos para se comunicar assim. A gente fez acordos de que não é seguro fazer perguntas; fizemos acordos que se as pessoas amam a gente, elas devem saber o que queremos ou sentimos. Quando acreditamos em algo, assumimos que estamos certos sobre aquilo e estamos dispostos a destruir relacionamentos para defender nosso ponto.

(…)

Assumimos que todo mundo vê a vida como nós vemos. Assumimos que os outros pensam como pensamos, sentem como sentimos, julgam como julgamos, abusam como abusamos. Essa é a maior pressuposição que os homens fazem. É por isso que temos medo de sermos nós mesmos perto dos outros. Porque achamos que todo mundo vai nos julgar, nos vitimar, nos abusar e nos culpar se formos nós mesmo.

Quem curtiu essas passagens, deve estar curioso para saber quais são os outros compromissos. Eis:

  1. Seja impecável com sua palavra.
  2. Não leve para o lado pessoal.
  3. Não pressuponha.
  4. Sempre dê o seu melhor.

Minha intenção agora não é filosofar sobre o assunto, mas apenas compartilhar com vocês um pouco do livro, que mudou a minha vida. Na verdade eu nem sabia exatamente qual era a intenção do post quando comecei a escrever, simplesmente foi o que me deu vontade na hora #planwhileyoudo .

Eu achava já que praticava esses compromissos, mas a maneira como o livro explica e define cada um fez uma diferença enorme pra mim. Eles formam a base de todos os outros compromissos que eu vier a ter. Me ajuda a viver mais focado, seguro e tranquilo. Tem muito a ver com o post do Jantar Filosófico que postei há alguns dias: ser impecável com minha palavra e dar o meu melhor me faz ter a consciência tranquila. Não pressupor as coisas e não levar as coisas pro lado pessoal me fazem ter fé no futuro.

Você pode ler uma amostra gratuita do livro baixando da Amazon. Clique aqui para abrir o site da amazon na página do livro. Depois, selecione pra onde enviar o livro e depois clique no botão Send sample now.

Procure esse menu no canto direito do site da Amazon para baixar amostras gratuitas de livros.

Quero saber o que você está pensando! Deixe um comentário!

Abs!

99 dias para o meu casamento

Fiquei alguns dias sem postar para ver se eu iria sentir falta, e senti. Nunca pensei que isso fosse acontecer, afinal, eu nunca fui muito de escrever, mas que bom que isso mudou, estou aprendendo muito com esse novo hábito.

Hoje, faltam exatamente 99 dias para o meu casamento e eu não poderia estar mais feliz. Estou casando com a noiva mais linda, engraçada, carinhosa, cheirosa e inteligente deste mundo! Como é bom estar ao lado dela, em todos os momentos! Ela é a pessoa mais companheira que alguém poderia ter. É muito bom poder conversar com ela, dividir momentos, fazer planos, realizar sonhos, enfim, tudo ao lado dela se torna agradável.

Meu amor é tão demais, que eu propus passar a lua de mel no Iêmen e ela aceitou. Não é demais? Para quem não sabe, o Iêmen é o país mais pobre do Oriente Médio e um lugar considerado por muitos perigoso e com altos índices de sequestro. Como somos apaixonados por ilhas, quero levá-la para Socotra, uma ilha muito pouco conhecida, que fica no Oceano Índico, na saída do Golfo de Aden. Lá só existem três hotéis, e o melhor deles falta água frequentemente. O lugar é bem remoto, difícil de chegar e tem poucos vôos para lá. Saindo do Brasil, demora cerca de 35-45h de viagem.

Depois de tudo isso, por que então quero ir pra lá? Bom, como já falei, somos apaixonados por ilhas e porque todo esse isolamento e baixa infra-estrutura turística faz da viagem uma aventura muito enriquecedora. Além disso, ela é considerada por muitos o lugar mais alienígena do planeta Terra e um terço da sua vegetação só existe lá. Acho que essa combinação de fatores a torna um lugar muito atraente.

Socotra, Iêmen. Fonte: www.socotra.info
Socotra, Iêmen. Fonte: www.socotra.info

O que eu aprendi nesses últimos anos foi que o que realmente importa, o segredo da felicidade, é o caminho, não o destino. Recentemente descobri que minha conclusão, na verdade, era algo que já havia sido citado por Ralph Walden Emerson: “Life is a journey, not a destination.”. Depois ouvi isso da Bel Pesce, li outras ideias parecidas também sobre o Tesouro de Bresa, na definição de Kaizen do Wikipedia.

Enfim, este post era pra falar do meu casamento, mas acabou que falei de várias outras coisas, acho que é por isso que hoje gosto de escrever, porque no blog tenho liberdade pra escrever o que quiser, diferentemente da época de escola… Bom, não quero terminar o post falando de tempos de escola, vamos falar de coisa boa!!! Chegou a nova TekPix 2013, 12 Megapixels, filma, fotografa, é webcam, controle remoto, rádio amador, celular, batedeira, geladeira e enceradeira! E se você ligar agora ainda ganha 5 kilos de Cogumelos do Sol!

Meu amor, te amo!