Arquivo da categoria: Colômbia

Provas de Amor da Mulher da Minha Vida – Discurso de Casamento

Bom dia. Sexta-feira fomos eu e meu amor na Salinha Filmes assistir aos clips do nosso casamento (12.10.2013). Eles ficaram simplesmente incríveis, a Pá já assistiu umas 10 vezes!

Abaixo está o clip de 2min que conta a estratégia que criei e usei para descobrir se a Pá era realmente a mulher da minha vida.  Submeti ela a várias provas de fogo, e ela passou em todas, com nota máxima! Meu amor é demais!

Assista às 25 provas de amor abaixo:

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=Ez8BLRLxv4A]

No vídeo eu falo de 25 provas, mas foram muito mais e isso na verdade é uma brincadeira, é claro que não fiz isso para testar o amor dela por mim e nem foi isso que me fez casar com ela. Meu amor, te amo!

Além das 25 provas do vídeo, a Pá também topou:

  1. Carregar um tapete desde o início da manhã na Síria. Estávamos passeando num Souk e logo no começo do dia, minha mãe achou um tapete lindo e a Pá falou pra ela comprar, mas minha mãe ficou na dúvida porque íamos ter que carregar o dia todo, aí a Pá: compra que eu carrego! Minha mãe comprou, ela carregou e eu não ajudei, afinal, ela tinha que cumprir o que tinha falado hehe! E ainda ela levou o tapete na mala dela por mais uma semana de viagem.
  2. Quando morávamos nos EUA, ela ia me buscar na academia do trabalho à meia noite.
  3. Coloquei ela pra escalar uma pedra de 20m de altura na Tailândia e falei que era pra ir até o fim, que não podia desistir. Ela escalou os 20m, mas um dinamarquês de 1,85m, que estava conosco, cara forte pra caramba, desceu e quase chorou de medo, não deu conta.
  4. Nesta lua de mel, resolvemos fazer algo de diferente. Fomos pra África do Sul, mergulhar com tubarão branco. A água? Geladíssima! Ahauehae, pra quem não entendeu a pegada, assista Luiza Marilac no YouTube.
  5. Fomos de avião + ônibus + barco + moto de baixo de chuva passar o aniversário de namoro em uma ilha na Colômbia. Detalhe: carregando a mala no colo e sobre estrada de terra, uma verdadeira lama!
Tapetes na Síria
Olha aí a prova: Pá com a sacola do tapete nas mãos.
Escalada na Tailândia
Meu amor escalando 20m de altura!
Mergulho com Tubarão Branco na África do Sul
Mergulho com Tubarão Branco na África do Sul
Indo celebrar aniversário de namoro!
Indo celebrar aniversário de namoro! Antes de começar a chover!

É isso, por enquanto a contagem está em 30 provas, go honey, go!!!

Até a próxima!

Colômbia – San Andrés

Depois dos vários posts da Colômbia, sempre seguindo a ordem em que viajamos, agora vão as fotos do final dessa viagem: San Andrés. Adicionei-as ao final do álbum que já continham as fotos de Cayo Bolívar. Agora só faltam as fotos da máquina a prova d’água, que entrou água, estragou e não consigo passar as fotos pro computador porque o cartão de memória dela é XD e eu não tenho adaptador. Enjoy! Like it?

Colombia – San Andrés

Colômbia – San Andrés

Contarei neste post o que minha mãe define como “ter a bunda virada pra lua”.

As fotos a seguir são do atol  Cayo Bolívar, pertencente ao arquipélago de San Andrés, Providencia e Santa Catalina.

Foi incrível como chegamos lá. Tudo começou no avião de Cartagena à San Andrés. Enquanto sobrevoávamos o Caribe, avistei da janela uma mancha de tons azul turquesa e achei que lá era o nosso destino, mas na verdade, era um atol 30km a sudeste deste.

O que avistei da janela do avião e achei que era San Andrés

Pousamos em San Andrés, fomos para nosso hotel, nos acomodamos e fomos agendar nossos mergulhos na agência Banda Dive, no lobby do hotel. Ao invés de narrar a conversa que tive com a dona da agência, Gloria, vou digitar o diálogo, que originalmente foi em espanhol:

Eu: -Boa tarde, gostaria de agendar um mergulho para duas pessoas.
Gloria: -Boa tarde, podemos marcar, mas não pode ser amanhã porque vou gravar um comercial de TV.
Eu: -Tudo bem… Nossa, que foto legal aquela ali no mural, aonde é?
Gloria: -Cayo Bolívar, é lá que vou gravar o comercial amanhã.
Eu: -Uau, que bonito, por falar em lugares lindos, o que é aquela mancha azul que eu vi no avião um pouco antes de pousar em San Andrés?
Gloria: -É Cayo Bolívar também…
Eu: -Séeerio? Que legal! E como eu faço pra ir pra lá?
Gloria: – Ihhh, é um pouco complicado… Você tem que conseguir uma lancha rápida e outras pessoas para ir junto para dividir as despesas, porque é um pouco longe e caro. Tem que sair cedo porque a maré mais tarde dificulta e inviabiliza a navegação da lancha… Agora, o mais dificil seria conseguir uma autorização especial, porque a ilha é uma base militar colombiana, militares moram lá patrulhando a área.
Eu: – Nossa! Complicado hein? E não dá pra me levar junto com você amanhã não? (sorriso de orelha à orelha)
Gloria: -Infelizmente não… Na verdade eu até vi vocês dois (eu e a Pá) fazendo o check-in e comentei com o produtor do comercial que tinha visto um casal de brasileiros muy bonitos…
Eu: -Sério??? Gloritaaa (brasileiro fica íntimo rápido), por favor, leva a gente?!!! Podemos fazer o comercial se ele quiser, nem cobramos cachet hehe…
Gloria: -Desculpa, não posso fazer isso, eu fui contratada pela produção para recebê-los no hotel e levá-los até a ilha, não posso me envolver em mais que isso…

Após algumas insistências, viramos amigos de Glorita, mas nenhum avanço em relacão à Cayo Bolívar…

Pá, Glorita e Eu

Eu: -Okay, então vamos mergulhar depois de amanhã…

Acertamos todos os detalhes do mergulho, mas antes de ir embora eu disse:

Eu: -Glorita, se encontrar com o produtor de novo, fala com ele que a gente quer muito ir hein?!!!
Gloria: -Até amanhã Adriano… (risos)

Gloria não falou com o produtor de novo…

Umas horas depois, 22:30, a Pá tentou usar a rede sem fio do hotel no quarto, mas não funcionou, então ela desceu para usar no lobby. Cinco minutos depois, um colombiano se aproxima, cumprimenta-a, pergunta seu nome, de onde era e por onde tinha viajado pela Colômbia. Ele se apresenta… como Jairo… um produtor… diz que está indo gravar um comercial… numa ilha… no dia seguinte…

Minha noiva, esperta, responde as perguntas e dá uma de Johnny Debruce (famoso “João sem braço”) acrescentando aos lugares que já tinhamos visitados, que gostaria muito de conhecer Cayo Bolívar comigo, mas que era tãooo difícil…

Jairo faz uma ligação, desliga o celular e diz que há dois lugares na lancha para nós e que era para estarmos prontos às 4h30 da manhã no lobby, pois partiríamos antes do Sol nascer.

No outro dia, lá estávamos nós, no horário e lugar combinado, quando Glorita nos avista e diz: “O que vocês estão fazendo aqui? (olhar de “que caras de pau!”)”. Respondemos que o produtor havia nos convidado e estávamos indo para Cayo Bolívar com ela. Ela não acreditou (acreditou sim), achou o máximo e nossa amizade deu continuidade hehe…

Fomos no carro dela até o porto, embarcamos, e 1 hora de lancha rápida depois estávamos lá, na ilha, paradisíaca, perfeita: areia branquinha, coqueiros, redondinha,  quando chegamos na ilha ela foi super atenciosa e disse pra gente aproveitar, o que não foi muito difícil (vide fotos).

Lancha que nos levou de San Andrés a Cayo Bolívar em Cayo Bolívar

Foi assim que conseguimos ir parar em Cayo Bolívar, na faixa e com direito a assistir a gravação de um comercial de chicletes equatorianos numa ilha paradisíaca da Colômbia, mas que fica mais perto da Nicarágua.

Eu e meu amor assistindo às gravações dos comerciais

Minha mãe acha que foi sorte, eu acho que foi uma mera questão de sentar no lado certo do avião, pegar a janela, olhar pra baixo na hora certa, fazer as perguntas certas, pras pessoas certas, insistir, ser simpático, não ter wireless no quarto e dar uma de Johny Debruce!

Como San Andrés se tornou parte especial da viagem, resolvi criar um álbum só para este arquipélago incrível. Meu próximo post será com os quatro vídeos dos comerciais do chiclete.  Curtam!

Álbum da Colombia – San Andrés

Colômbia – Cartagena de Índias

Adicionando Cartagena de Índias ao álbum da Colômbia, que agora tem fotos de:
– Bogotá
– Playa Blanca
– Santa Marta & Parque Tayrona
– Cartagena

Apesar do calor intenso e da umidade, gostamos bastante dessa cidade, que colonial/arquitetônicamente equivale à nossa Ouro Preto. Não tinhamos reserva de hostel, então caminhamos pela Calle da La Media Luna, no centro histórico, onde se encontram a maioria das acomodações budget style. Entrei em vários hostels procurando vaga e achei quase todos muito simpáticos. Por questões de comodidade, após ter passado duas noites em Playa Blanca no esquema playbaroots (vide post de Playa Blanca), procurei um que tivesse quarto com banheiro privado e ar condicionado. Dentre os que tinham vaga, não me lembro quais, optei pelo Hostal Baluarte, US$ 40 a diária para dois (US$ 20/pessoa). É isso, curtam as fotos!

Álbum da Colômbia

Colômbia – Playa Blanca

Depois de ter criado o álbum da Colômbia com as fotos de Bogotá, agora foi a vez de adicionar as fotos de Playa Blanca.

Essa é uma das praias mais famosas na região e que muitos visitam num passeio que dura o dia todo e sai de Cartagena. Quando chegamos em Cartagena, de Bogotá, os barcos já tinham saído, então nos disseram que deveríamos dormir em Cartagena ou poderíamos pegar um taxi até o terminal de ônibus e de lá pegar um ônibus até Pasacaballos, onde pegamos um barco pra atravessar um rio, e uma moto até Playa Blanca, isso mesmo, prático né? Foi 1 hora de moto sobre estrada de terra e carregando a mala nas coxas, vocês vão ver as fotos no álbum.

Chegamos em Playa Blanca e descobrimos que as únicas opções de hospedagem eram barraca, dormir na rede ou ficar numas cabanas de madeira cobertas por palha, o que nos pareceu a melhor opção, e de fato foi, por duas noite ficamos patrão na praia, com vista para o mar e varanda. Para tomar banho usávamos uma mangueira ligada à uma caixa dágua que captava água da chuva, pois na ilha não havia água encanada. Para jantar, luz de vela, pois na praia não havia energia elétrica, o que era bom, pois íamos dormir cedo e podíamos acordar durante o nascer do sol para aproveitar o máximo o dia. A definição que encontrei para esse esquema de hospedagem foi: playbaroots. Confiram as fotos e curtam!

Álbum da Colômbia

Colômbia – Bogotá

Depois que eu dei um upgrade de câmera, de uma Panasonic DMC-ZS3 pra uma Canon 60D, passei a tirar pelo menos 3x mais fotos. Só nessa última viagem à Colômbia foram mais de 3600. Devido ao grande número de clicks, resolvi montar meus novos álbuns aos poucos, por cidade/região. Assim, estou postando apenas os retratos de Bogotá, mas em breve, incluirei no mesmo álbum Playa Blanca, Santa Marta & Parque Tayrona, Cartagena, Cayo Bolívar e San Andrés. Aguardem, curtam e comentem! Abs!

Álbum da Colômbia

Colômbia

Eu e meu amor chegamos ontem da Colômbia. O país é surpreendente! Apesar de alguns lugares não terem correspondido às expectativas, outros superaram e muito, o que deixou um saldo super positivo! Acabei de passar todas as fotos da viagem, que durou 15 dias, e em breve vou montar um álbum para publicá-lo aqui. Por enquanto, curtam essa foto da Pá em Cartagena, perto do nosso hostal na Calle de la Media Luna.